#FutebolDaTerrinha – Sport x Grêmio – Leão cria bastante, mas não sai do zero na Arena

Na noite dessa segunda-feira, Sport e Grêmio se enfrentaram na Arena de Pernambuco em partida válida pela 12ª rodada da Série B 2022. O Sport vinha de derrota no clássico nordestino contra o Bahia. O Grêmio vinha de vitória sobre o Novorizontino. Era uma partida daquelas de seis pontos. Em jogo, uma vaga no G4 da competição. Numa partida com muitas chances, ninguém conseguiu marcar. O resultado final acabou sendo um empate sem gols que deixo o Leão ainda dentro do grupo de acesso. O Grêmio volta a jogar no sábado, às 11:00, recebendo o Sampaio Corrêa na sua Arena. Já o Sport retorna aos campos também no sábado, fazendo o Clássico dos Clássicos diante do Náutico, nos Aflitos, às 18:30.

O começo de partida mostrou o Sport com o esquema tradicional de 4-3-3, Giovanni de meia, Jaderson e Juba nas pontas, com Kayke centralizado. O Grêmio tinha um 3-4-3, Rodrigues, Geromel e Kannemann na defesa, Edilson e Nicolas nas alas, Janderson e Biel abertos, com Elkeson substituindo Diego Souza no ataque. A equipe leonina tinha mais posse de bola no início, enquanto o time gremista tentava se defender. A velha dificuldade na transição impedia qualquer ameaça rubro-negra. Com a marcação alta, o time gaúcho começava a ter o domínio territorial da partida. As duas equipes erravam muitos passes nas intermediárias ofensivas. Aos 24, o Grêmio teve uma boa chance, com Edilson chutando de forma perigosa e a bola passando perto da trave direita de Mailson. O Leão teve duas finalizações de Bruno Matias, que assustaram a meta de Gabriel Grando. O meio-campo do Sport passou a fazer a diferença, mas, quando a bola chegava no centroavante, a jogada morria. A alternativa era os chutes de fora da área. Giovanni e Juba levaram perigo. O intervalo chegava com o placar ainda em branco.

No retorno para a etapa final, ninguém mexeu. Nem Gilmar Dal Pozzo mudou o Sport, nem Roger Machado modificou o Grêmio. O tricolor gaúcho voltou tendo a posse de bola e teve uma boa chance no primeiro minuto, depois de um chute perigoso de Biel. Aos 05, foi a vez de Jaderson perder uma grande oportunidade para a equipe rubro-negra. Kayke deu uma cabeçada perigosa aos 09, depois de uma transição rápida, e quase marca. O jogo era bastante corrido na Arena. Muitas chances criadas. A primeira mudança da partida foi aos 14, com Ray Vanegas entrando no lugar de Jaderson. O Leão martelava, mas o gol teimava em não sair. Roger Machado então mexeu aos 19, colocando Bitello e Elias Manoel nos lugares de Villasanti e Janderson. O Grêmio deu uma equilibrada e também chegava no ataque com relativo perigo. Elias Manoel perdeu uma chance incrível, ficando cara a cara com Mailson e finalizando em cima de Mailson. Nos instantes finais, as duas equipes perderam intensidade. Kannemann ainda foi expulso na última boa da partida. Com o apito final de Wilton Pereira Sampaio, a partida na Arena acaba mesmo sem gols. Numa boa atuação do Leão, só faltou mesmo um pezinho para empurrar a bola pra rede. Pelo menos terminou mais uma rodada dentro do G4. Assim continua a trajetória leonina em busca do tão sonhado acesso.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro Série B – 12ª rodada

Estádio: Arena de Pernambuco

Público: 16.506

Renda: R$ 290.610,00

Sport: Mailson; Ezequiel, Thyere, Sabino e Sander; Fabinho, Bruno Matias (Alan) e Giovanni (Thiago Lopes); Jaderson (Ray Vanegas), Juba e Kayke (Búfalo Parraguez). Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Grêmio: Gabriel Grando; Rodrigues, Geromel, Kannemann; Edilson (Jhonata Varela), Thiago Santos, Villasanti (Bitello), Nicolas; Janderson (Elias Manoel), Biel (Campaz), Elkeson (Ricardinho).  Técnico: Roger Machado