#FutebolDaTerrinha Sport vacila no fim, lei do ex aparece e Juventude vence em Caxias do Sul

Novamente entrando em campo no final da noite de Domingo, o Sport foi até a gelada Caxias do Sul enfrentar o Juventude, no Alfredo Jaconi. O Leão, envolvido numa bagunça fora de campo, querendo a segunda vitória seguida na Série A. O Papo em busca de seu primeiro triunfo na competição. Num jogo com poucas finalizações perigosas, o resultado final acabou sendo uma vitória gaúcha por um tento a zero, com direito a lei do ex aparecendo. As duas equipes voltam aos gramados já no meio dessa semana, para disputar a sexta rodada do Brasileirão. O Juventude vai até Minas Gerais para enfrentar o América-MG, às 16:00 de quinta-feira, no Independência. O Sport vai para São Paulo, encarar o Corinthians, na Neo Química Arena, também na quinta-feira, só que com bola rolando às 19:00.

O começo da partida teve um relativo equilíbrio. O Juventude tinha mais a posse de bola, mas não tinha objetividade. O Sport marcava firme e tentava sair em velocidade. A neblina em Caixas do Sul era pesada, afetando um pouco a visibilidade do jogo. A equipe rubro-negra apresentava aquela conhecida dificuldade na saída de bola. O time gaúcho não conseguia finalizar e ameaçar a meta de Mailson. O Sport era mais perigoso quando atacava. Na reta final, os goleiros foram exigidos e fizeram intervenções importantes. Mailson fez boa defesa em chute frontal de Guilherme Castilho e Marcelo Carné operou um milagre num chutaço de Sabino. O intervalo então chegava, com o placar em branco.

Na volta para a etapa final, ninguém mexeu. Nem Marquinhos Santos pelo Juventude, nem Umberto Louzer pelo Sport. Sem aquela neblina do primeiro tempo, o jogo ganhou um pouco mais em velocidade. As duas equipes se apresentavam mais no ataque. Aos 15 minutos, Louzer promoveu a primeira mudança no time leonino, colocando Maxwell no lugar de Paulinho Moccelin. A boa marcação do Sport impedia qualquer avanço mais perigoso do adversário. Num vacilo na saída de bola de Hayner, aos 37, o Juventude abriu o placar. E com ela aparecendo. A famosa lei do ex. A bola veio da esquerda, Matheus Peixoto estava cercado, mas conseguiu descolar um chute colocado no canto direito de Mailson. Na reta final, o Sport apelou para o velho chuveirinho. Muitos cruzamentos e nenhuma efetividade. A defesa gaúcha segurou bem. Com o apito final de Edina Alves Batista, veio mais uma derrota para o Leão. Dessa vez, para um concorrente direto na briga contra o rebaixamento. Quinta-feira tem o Corinthians fora de casa. A contagem não mudou. 04/45. E assim continua a trajetória rubro-negra na Série A 2021.