#FutebolDaTerrinha Sport leva virada do Fluminense na Ilha e segue no Z4 do Brasileirão

Nos embalos de sábado à noite, a Ilha do Retiro foi o palco de Sport vs Fluminense, que se enfrentaram em partida válida pela 11ª rodada do Brasileirão 2021. O Leão, numa crise absurda, querendo deixar a zona de rebaixamento. O Tricolor Carioca buscando uma aproximação do G6. O resultado final desse duelo terminou sendo uma vitória tricolor, de virada, por dois tentos a um. O Fluminense volta a jogar na próxima terça-feira, às 19:15, quando vai até Assunção, no Paraguai, enfrentar o Cerro Porteño, no Estádio General Pablo Rojas, pela partida de ida das oitavas de final da Libertadores. Já o Sport só volta aos gramados na outra segunda-feira (19/07) quando vai para Belo Horizonte encarar o América-MG, no Independência, com bola rolando às 20:00.

O início de jogo teve o Sport com mais posse de bola, mas com a velha dificuldade em na criação ofensiva. O Fluminense esperava o erro do adversário para atacar o adversário.Com seis minutos, Mailson já tinha feito duas grandes intervenções, salvando o Leão. O Tricolor Carioca era mais organizado em campo, trabalhava melhor a bola. Com muita lentidão na transição, a equipe rubro-negra pouco ameaçava. Depois da metade da primeira etapa, o Leão acelerou um pouco. Muriel teve que defender bem uma finalização de Tréllez. Aos 39, Ricardinho chegou pela direita, fez o cruzamento e a bola foi no braço aberto de David Braz. Pênalti bem marcado. Aos 41, André foi para a cobrança, bateu firme, sem chances para Muriel. Estava aberto o placar na Ilha. Nos últimos minutos da primeira etapa, o Flu atacou em busca do empate, mas a defesa leonina segurou bem as investidas. O intervalo então chegava, com a vantagem mínima em favor dos mandantes.

No retorno para o segundo tempo, Roger Machado colocou Lucca no lugar de Nenê. Umberto Louzer não mexeu no Sport. A etapa final começou equilibrada. Os dois ataques tinham dificuldades para dar sequência nas jogadas. Muitos passes errados nas intermediárias. Depois dos 15 minutos, o Fluminense cresceu e começou a ter mais ação ofensiva. E, de tanto insistir em jogadas pela esquerda, o empate veio. Danilo Barcelos cruzou e Lucca apenas empurrou para o fundo da rede. Eram 21 minutos. Louzer então mudou o seu time, com Thiago Lopes e Moccelin entrando nas vagas de Thiago Neves e Everaldo. Aos 28, a virada Tricolor. Cruzamento de escanteio na esquerda de Danilo Barcellos, Lucca subiu e testou firme, no canto direito de Mailson. No desespero, Louzer colocou o time no 4-2-4, com Marcão improvisado na lateral-direita, Thiago Lopes e Gustavo no meio e Moccelin, André, Mikael e Maxwell no ataque. Na base do abafa, todo desorganizado, o Sport não conseguiu fazer mais nada. O Fluminense apenas administrava. Aos 52, veio o apito final de Antônio Dib de Moraes. Com ele, mais uma derrota rubro-negra. Essa foi daquelas típicas de time que vai cair. Levou uma virada fácil em casa. Enfim, a contagem não mudou. 07/45. Assim continua a trajetória leonina nesse Brasileirão 2021.