#FutebolDaTerrinha – Mais um vexame! Sport é goleado pelo Ceará e dá adeus ao Nordestão

No Sábado de Aleluia, a Ilha do Retiro recebeu um Sport vs Ceará válido pela sétima e penúltima rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste 2021. Para o Leão, ainda em busca do milagre da classificação, só a vitória interessava. Para o Vozão, valia a conquista da vaga antecipada nas quartas e a manutenção da longa invencibilidade no torneio regional. Num jogo que ficou evidente a disparidade atual das equipes, o resultado final acabou sendo uma goleada cearense por quatro tentos a zero. O Sport volta aos gramados já na próxima quarta-feira, encarando o Afogados, às 20:00, no Vianão, pela quinta rodada do estadual.  Já o Ceará, com o campeonato estadual paralisado por conta da COVID, só volta a jogar no sábado, às 16:00, contra o Salgueiro, na Arena Castelão, pela oitava e última rodada da fase de grupos do Nordestão.

O começo de jogo foi equilibrado. As duas equipes tinham dificuldade em desenvolver suas jogadas ofensivas. O Sport, aos poucos, tentava fustigar o adversário com mais perigo, forçando as jogadas pela direita, com Neilton e Patric. O Ceará errava muitos passes na intermediária ofensiva. O time leonino tomava a iniciativa do jogo e se fazia mais presente no campo de ataque, mas a defensiva cearense afastava bem as investidas. Aos 30, o placar foi aberto na Ilha. Pelo Ceará. Depois de uma série de escanteios, no terceiro seguido, a bola rebateu na pequena área e sobrou para Gabriel Dias, que, de frente para Luan Polli, encheu o pé no ângulo direito. Aos 33, saiu o segundo. Depois de mais um escanteio cobrado por Vina, a bola chegou em Cleber, que acertou uma bela virada sem chances para o goleiro rubro-negro. O Leão sentiu demais os dois gols sofridos e não conseguiu reagir, perdendo o ímpeto ofensivo. O intervalo chegava com a boa vantagem para os visitantes.

Na volta para o segundo tempo, nenhum treinador mexeu. Nem Jair Ventura, nem Guto Ferreira. O Sport tentava pressionar, mas não finalizava e dava espaços para o contragolpe do Ceará. Faltava tranquilidade para a equipe rubro-negra definir as jogadas. O time alencarino explorava bem os erros do adversário em busca do terceiro gol, para matar o jogo de vez. E esse gol saiu aos 30. O Ceará acertou o contra-ataque, Lima deu belo passe para Mendoza, sozinho, bater firme sem chances para Luan Polli. O time pernambucano se entregou de vez. Nos acréscimos, aos 46, a goleada foi consumada. Depois de um erro de passe de Dalberto, o Ceará armou contragolpe, saiu cruzamento da direita e Pedro Naressi apenas empurrou para o fundo da rede. Veio o apito final. Apito final esse que trouxe mais uma eliminação na temporada para o Sport. Com outra goleada sofrida para um time de Série A. Agora só resta o estadual nesse início de 2021.Vexame total para o começo do ano.