#FutebolDaTerrinha – Cruzeiro x Sport – Leão perde de virada no Mineirão e vê G4 se afastar

No final da noite dessa terça-feira, Cruzeiro e Sport duelaram no Mineirão em partida válida pela 15ª rodada da Série B 2022. O Cruzeiro vinha de vitória sobre a Ponte Preta. O Sport vinha de um empate diante do Brusque. A Raposa querendo se isolar ainda mais na liderança. O Leão, já sem Gilmar Dal Pozzo e esperando Lisca, buscando voltar ao G4. No duelo entre mineiros e pernambucanos, melhor para os mineiros, que, de virada, venceram por dois tentos a um.  O Cruzeiro volta a jogar na próxima sexta-feira, às 21:30, recebendo o Vila Nova no Mineirão. Já o Sport retorna aos gramados no Domingo, enfrentando o Vasco, às 16:00, no Maracanã.

O início de jogo mostrou o Cruzeiro no 3-5-2, podendo variar para um 3-4-3, com Daniel Jr sendo o meia/extremo. Já o Sport, com Cesar Lucena de técnico interino, não mudou muito em relação ao time de Gilmar Dal Pozzo, com o tradicional 4-3-3. Alan, na ausência de Giovanni, fazia a armação, enquanto Thiago Lopes estava na extrema direita. O time mineiro começou buscando exercer uma pressão. A equipe leonina tinha bastante dificuldade para sair do seu campo defensivo. A posse de bola era praticamente toda do Cruzeiro. Aos 19, na primeira chegada do Leão, saiu o gol. Kayke arrancou pela esquerda, cortou pra dentro e acertou o ângulo esquerdo da barra de Rafael Cabral. Um golaço no Mineirão. Aos 26, o Cruzeiro empatou. Cruzamento vindo da direita e Sabino desviou contra o próprio patrimônio. A Raposa  tinha muito volume ofensivo, deixava a defesa exposta, mas o Sport não conseguia aproveitar por conta dos vários erros de passes. De tanto atacar, saiu o gol da virada. Aos 43, Daniel Jr recebeu pela esquerda, pedalou, chutou, a bola desviou em Ewerthon e Mailson não conseguiu defender. O time rubro-negro não conseguiu reagir e o intervalo chegava com a vantagem mineira no placar.

Na volta para o segundo tempo, Paulo Pezzolano não mudou o Cruzeiro. Cesar Lucena fez uma modificação no Sport, colocando Blas Caceres no lugar de Alan. A equipe mineira, com a boa marcação alta, pressionava e criava chances em busca do terceiro gol. O Leão chegou a ter uma grande oportunidade com Thiago Lopes, aos 08, mas ele não soube definir com qualidade. O Cruzeiro diminuiu um pouco a intensidade e o Sport conseguia ficar mais com a posse. Aos 24, Pezzolano fez a primeira substituição no Cruzeiro, com Adriano entrando na vaga de Daniel Jr. A Raposa fazia uma partida para administrar a vantagem. O time rubro-negro não tinha força para marcar alto e pressionar o adversário. Nos últimos minutos, Ray Vanegas conseguiu fazer uma boa jogada pela esquerda, mas ninguém apareceu para definir. Com o apito final de Leandro Pedro Vuaden, veio mais uma derrota do Sport nessa Série B. Derrota essa que afastou a equipe pernambucana do G4. Assim continua a trajetória leonina em busca do tão sonhado acesso.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro Série B – 15ª rodada

Estádio: Mineirão

Público: 39.032

Renda: R$ 1.008.670,50

Gols: Kayke (19’), Sabino (contra) (26’), Daniel Jr (43’)

Cruzeiro: Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Oliveira, Eduardo Brock; Geovane Jesus (Rômulo), Willian Oliveira, Neto Moura, Daniel Jr (Adriano), Matheus Bidu; Luvannor (Rodolfo), Edu (Vitor Leque). Técnico: Paulo Pezzolano

Sport: Mailson; Ewerthon (Búfalo), Thyere, Sabino e Sander (Ray Vanegas); Fabinho, Bruno Matias e Thiago Lopes (Bill); Alan (Blas Caceres), Juba e Kayke. Técnico: Cesar Lucena