F1 2022 – GP do Azerbaijão – Verstappen vence em Baku; RBR começa a abrir distância da Ferrari

Na manhã desse Domingo, tivemos a disputa da oitava etapa da temporada 2022 de Fórmula 1. O Circuito Urbano de Baku foi o palco de mais uma edição do sempre animado GP do Azerbaijão. Um local conhecido por ter muita confusão nas suas provas. Esse ano até que foi relativamente tranquila. Apenas a Ferrari que, vendo seus dois pilotos abandonarem, não sai com boas recordações de Baku. Quem terminou vencendo a corrida foi Max Verstappen, da RBR. Sergio Perez da RBR chegou na segunda colocação, fazendo assim uma dobradinha e George Russel, da Mercedes completou o pódio na terceira posição.

Na largada, o pole position Charles Leclerc, da Ferrari, acabou perdendo a posição para o mexicano Sergio Perez, da RBR. Max Verstappen da RBR era o terceiro e Carlos Sainz, da Ferrari era o quarto, no final da primeira das 51 voltas previstas. O heptacampeão “brasileiro” Lewis Hamilton estava apenas sétima colocação, brigando com a AlphaTauri de Pierre Gasly pela sexta posição. Enquanto Perez abria boa vantagem na frente, Leclerc tentava se defender da investida de Verstappen. Na volta 9, Sainz, com problema nos freios, saiu da pista, provocando primeiro bandeira amarela no setor um e, depois, o Virtual Safety Car. Assim, a maioria dos pilotos foram para os boxes, colocar os compostos duros, inclusive a Ferrari de Leclerc. Perez e Verstappen permaneceram com os médios. Na volta 15, Verstappen ultrapassou seu companheiro de equipe e assumia a liderança. Apresentando uma queda de rendimento, Perez foi para o box trocar seu pneu na volta 17. Leclerc ganhava a segunda posição. A parada do mexicano demorou um pouco e a Mercedes de Russell tentava se aproximar. Verstappen parou na volta 19 e Leclerc era o novo líder da prova.

Na volta 21, o motor de Leclerc foi para o espaço. A Ferrari assim dava adeus para a corrida. A liderança caiu no colo do holandês, com Perez em segundo e Russell em terceiro. A vantagem de Verstappen para Perez era de oito segundos na volta 30. Hamilton, num bom ritmo de corrida, comparada as anteriores, estava na quinta posição, buscando se aproximar de Gasly. Outro motor Ferrari deixou mais um carro na mão. Era a Haas de Magnussen. Com isso, na volta 34, o Virtual Safety Car foi acionado novamente e os líderes aproveitaram para trocar os pneus. A bandeira verde foi dada na volta 36. A batalha na pista era valendo a quinta colocação, com Hamilton pra cima de Tsunoda. Restando dez voltas pro final, Verstappen tinha uma confortável vantagem de 15 segundos e meio para Sergio Perez. E o holandês atual campeão do mundo apenas administrou essa vantagem até o fim para ser o primeiro a ver a bandeira quadriculada nas ruas de Baku. Um final de semana que terminou sendo dos sonhos para a RBR, que fez dobradinha e abriu diferença para a Ferrari.

A temporada continua já na semana que vem. O Circo da Fórmula 1 volta para a América. No próximo Domingo, o Circuito Gilles Villeneuve recebe o Grande Prêmio do Canadá. Uma pista muito veloz. A RBR começa a abrir vantagem para a Ferrari. A Mercedes começa a dar sinais de reação. Enfim, que seja uma grande corrida em Montreal. Até lá!