F1 2021– GP do Bahrein – Na abertura da temporada, com emoção no fim, Lewis Hamilton vence de maneira espetacular

Foi dada a bandeira verde! Começou a temporada 2021 da Fórmula 1! Com várias novidades no grid. O mexicano Perez na RBR, o espanhol Sainz na Ferrari, o alemão Vettel na Aston Martin, o retorno do espanhol Alonso na Alpine, além das estreias do russo Mazepin na Haas, do japonês Tsunoda na AlphaTauri e do retorno do sobrenome Schumacher ao mundo da F1, com o filho do heptacampeão Michael Schumacher, Mick, na Haas. No início da tarde desse Domingo, no Circuito Internacional do Bahrein, aconteceu o GP do Bahrein. Numa corrida marcada por boas disputas e com muita emoção no final, Lewis Hamilton da Mercedes acabou vencendo, com Max Verstappen, da RBR chegando em segundo e Valtteri Bottas, da Mercedes completando o pódio na terceira colocação.

Na largada, o pole position Max Verstappen conseguiu permanecer na liderança. Hamilton forçou, mas não saiu da segunda colocação. Leclerc ultrapassou Bottas e assumiu a terceira posição. Lá atrás, o russo Nikita Mazepin, da Haas, rodou sozinho e provocou o primeiro safety car da prova, logo na primeira volta. A relargada aconteceu na volta 4. Verstappen ficou lento e quase embolou tudo. As posições não se modificaram. Gasly perdeu o bico de sua AlphaTauri e provocou o Virtual Safety Car. Quando foi retomada a velocidade normal da corrida, tivemos uma boa disputa entre Bottas e Leclerc. O finlandês da Mercedes acabou recuperando a terceira posição. O mexicano Sergio Perez, que teve problema antes da volta de apresentação e precisou largar dos boxes, fazia uma corrida de recuperação e, na volta 13, já estava na 11ª colocação. A Ferrari de Leclerc virou alvo das duas McLaren. Os três primeiros, Verstappen, Hamilton e Bottas, já abriam boa vantagem em relação ao restante do grid. Na primeira parada para troca de pneus, a RBR errou na estratégia, demorou a chamar Verstappen e, com isso, Hamilton assumia a liderança da prova na volta 18. No pelotão intermediário, acontecia uma bagunça gostosa. Muitas trocas de posições entre Alonso, Sainz, Vettel, Perez. Enquanto isso, na briga pela primeira posição, Verstappen tentava encurtar a distância para Hamilton. Na volta 29, o heptacampeão parou pela segunda vez nos boxes. O holandês da RBR voltava para a liderança e só parou novamente na volta 40. A expectativa era de pneus macios para Verstappen, mas ele colocou pneus duros. Na volta 42, Lewis Hamilton quebrou mais um recorde na categoria. Completou 5113 voltas na liderança, passando Michael Schumacher. Verstappen estava voando e tirando muito rapidamente a diferença para Hamilton. Faltando 8 voltas, Hamilton tinha dois segundos e meio de vantagem. As últimas voltas foram de pura emoção. Disputa espetacular. No final, Lewis Hamilton segurou bem a pressão e viu a bandeira quadriculada na primeira posição pela 96ª vez na carreira.

A próxima corrida será realizada somente daqui a três semanas. O circo da Fórmula 1 vai para a Itália. O Autódromo Enzo e Dino Ferrari, em Ímola, sediará o GP da Emilia-Romagna. A temporada começou bem movimentada. Que seja mais uma prova com muitas emoções. Até lá!