F1 2021– GP de Mônaco – Verstappen aproveita problemas dos rivais e assume liderança do campeonato

Aconteceu, no final da manhã deste Domingo, a quinta etapa da temporada 2021 da Fórmula 1. Depois de um ano de ausência, as ruas do principado de Mônaco receberam os carros da principal categoria de automobilismo do planeta. O tradicional Grande Prêmio de Mônaco foi marcado pela decepção com Charles Leclerc, o pole que não conseguiu nem largar e pela mudança de liderança no campeonato. O vencedor acabou sendo Max Verstappen da RBR. A segunda posição foi de Carlos Sainz, da Ferrari e Lando Norris, da McLaren completou o pódio na terceira colocação.

A corrida começou mesmo antes do início. O pole position Charles Leclerc, da Ferrari, não conseguiu largar nem dos boxes, com problemas no eixo de transmissão. Na largada, com a posição de honra do grid vaga, o segundo lugar Max Verstappen, da RBR, que saiu meio que em diagonal, assumia a liderança da prova. Bottas, da Mercedes, era o segundo e Sainz, da Ferrari, o terceiro. A primeira de 78 voltas foi completada sem nenhuma intercorrência. Os dois primeiros trocavam volta mais rápida por volta mais rápida. Cada hora era um. Eles já abriam uma boa distância em relação ao terceiro. O heptacampeão Lewis Hamilton era apenas o sexto lugar. O mais agressivo na pista era o mexicano Sergio Perez, da RBR, que buscava passar Sebastian Vettel, da Aston Martin, na briga pela sétima colocação. Na volta 25, Verstappen tinha quase cinco segundos de vantagem para Bottas, que via Sainz se aproximar de maneira perigosa. O primeiro a parar nos boxes para trocar os pneus foi Lewis Hamilton, na volta 31. Na volta seguinte, Bottas foi para o box. E deu problema na troca do finlandês. Hamilton ainda perdeu uma posição na volta pra pista. O inglês heptacampeão mandava muitas reclamações pelo rádio. Verstappen parou na volta 34. Quem se deu bem foi o companheiro de Verstappen, o mexicano Perez, que parou e voltou na quarta colocação. Na volta 50, o holandês via sua vantagem para Sainz se manter em torno de três segundos. Faltando 10 voltas para o final, o holandês da RBR tinha mais de sete segundos de vantagem para o espanhol da Ferrari. Então, foi só administrar até a bandeirada final e, com a vitória nesse templo da Fórmula 1, assumir, pela primeira vez na carreira, a liderança do campeonato mundial de construtores.

A sequência da temporada continua em duas semanas. O circo da Fórmula 1 permanece na Europa. Vamos ter mais uma corrida de rua. Baku receberá o Grande Prêmio do Arzeibaijão. Que seja mais um grande capítulo dessa história que está sendo escrita por Lewis Hamilton e Max Verstappen. A temporada 2021 começou com tudo. Que continue com muitas emoções. Até lá!