F1 2020: GP de Abu Dhabi – Verstappen vence na despedida da temporada

Tivemos, na manhã desse Domingo, o Grande Prêmio de Abu Dhabi 2020 de Fórmula 1. O circuito de Yas Marina recebeu a a 17ª e última etapa dessa temporada, que contou com o retorno do heptacampeão Lewis Hamilton, recuperado da COVID-19 e mais uma vez com o Brasil no grid, Pietro Fittipaldi outra vez foi o responsável por dirigir a Haas do francês Romain Grosjean, ainda se recuperando do grave acidente no Bahrein. Numa corrida bem monótona, o vencedor foi Max Verstappen, da RBR. Valtteri Bottas, da Mercedes chegou em segundo lugar e Lewis Hamilton, da Mercedes completou o pódio na terceira colocação. O brasileiro Pietro Fittipaldi terminou na 19ª posição.

Na largada, nenhuma intercorrência. O pole Max Verstappen conseguiu manter a primeira colocação. Bottas, enfim, fez uma largada digna e ficou em segundo. Hamilton permaneceu em terceiro. O holandês da RBR tinha bom ritmo de corrida e conseguia abrir boa vantagem para as Mercedes. Uma boa disputa na pista foi entre Lando Norris e Alex Albon. O tailandês da RBR fez uma bela manobra sobre o inglês da McLaren e ganhou a quarta colocação. A prova prosseguia quase numa procissão. Na volta 10, a Racing Point de Sergio Perez apagou e o mexicano, vencedor da corrida anterior, teve que abandonar. O Virtual Safety Car foi acionado. Os pilotos então aproveitaram para fazer suas trocas de pneus. Na volta 12, o Safety Car físico entrou em ação, já que o carro de Perez parou numa posição perigosa. A relargada ocorreu na volta 14. Novamente, nenhuma ultrapassagem entre os primeiros colocados. No pelotão intermediário, Sainz lutava contra as Ferrari para colocar a McLaren em terceiro no campeonato de construtores. O brasileiro Pietro Fittipaldi, com sua Haas, ocupava a 19ª e última posição. Leclerc, que optou por não parar e trocar seus pneus na entrada do Safety Car, tinha péssimo rendimento e garantia as disputas na pista por ultrapassagens. Apenas na volta 23 que o monegasco foi para o box. Na volta 34 das 55 previstas, a vantagem de Verstappen para Bottas passava dos oito segundos. O holandês então apenas administrou essa vantagem até a bandeirada final para garantir sua segunda vitória nesse ano.

Dessa forma, a temporada de 2020 está encerrada. Um ano totalmente atípico que entrou definitivamente para a história, com os recordes do inglês Lewis Hamilton. Que venha 2021. Que venha mais uma temporada empolgante e emocionante. Março é logo ali. Até lá!