F1 2020– GP da Hungria – Passeio de Hamilton em Hungaroring para assumir a liderança do campeonato

TEXTO DE HELBERDAN TORRES

Dando continuidade no calendário acelerado da temporada, tivemos a terceira corrida em três finais de semana seguidos.  Depois de duas provas na Áustria, o circo da Fórmula 1 se reuniu na Hungria. O circuito de Hungaroring foi palco de um GP que foi bem movimentado, com bons pegas no pelotão intermediário. Pra variar, terminou com a vitória de Lewis Hamilton da Mercedes. A 86ª na carreira. Max Verstappen da RBR foi o segundo e Valteri Bottas da Mercedes completando o pódio na terceira colocação.

Na largada, com os pilotos usando pneus intermediários por conta do chove e para, Lewis Hamilton disparou na frente. Bottas saiu mal e caiu para sexto. As Ferrari conseguiram ganhar posições importantes. Stroll, da Racing Point, foi pra segundo. Verstappen, da RBR, que bateu na volta de posicionamento do grid, teve uma recuperação incrível e pressionava o canadense da Mercedes rosa. A pista estava começando a secar e a turma foi trocar os pneus logo nas primeiras voltas. Hamilton abria cada vez mais vantagem na liderança. A surpresa ficava por conta dos dois carros da Haas na terceira e quarta posições. Com pneus diferentes, as Ferrari perderam muito rendimento e voltaram ao normal dessa temporada, brigando por posições intermediárias do grid. O finlandês Bottas fazia sua corrida de recuperação e, na volta 26, já brigava pela terceira colocação com Stroll. Como não conseguiu passar na pista, Bottas foi trocar pneus para tentar o chamado undercut e ganhar a posição no box. E conseguiu, com Stroll parando uma volta mais tarde. A chuva, esperada, anunciada, alardeada, não chegava. Na volta 46, Bottas chegou para brigar com Verstappen pela segunda colocação. Com muitos retardatários na frente, a ultrapassagem do finlandês no holandês não veio. A Mercedes resolveu mudar a estratégia e chamou Bottas para mais uma parada no box. Enquanto isso, mesmo reclamando dos pneus, Hamilton passeava e administrava a vantagem de mais de vinte segundos na liderança. No final, a disputa Verstappen e Bottas pela vice-liderança e Hamilton brigando para fazer a melhor volta, buscando o ponto extra. Vitória de Hamilton e Verstappen conseguiu segurar Bottas. O inglês ainda cravou o recorde da pista na última volta. Barba, cabelo e bigode pro inglês no final de semana.

Agora, a Fórmula 1 vai ter uma semana de descanso. A próxima corrida vai acontecer no primeiro final de semana de Agosto. A Inglaterra receberá a quarta etapa da temporada. O tradicional circuito de Silverstone abrigará mais um GP desse ano que está bem disputado. Será que veremos mais um show da Mercedes? A Racing Point se mantém na briga com a RBR? E as Ferrari, se recuperam? Respostas daqui a duas semanas. Até lá!

Crédito das fotos: Twitter oficial da Fórmula 1 (vitória de Hamilton) e twitter do Grande Prêmio (prints da Globo)