F1 2020: GP da Estíria – Hamilton vence, Mercedes faz dobradinha e recorde de Schumacher fica mais perto

Aconteceu, nesse final de semana, o GP da Estíria 2020 de F1. Como no último Domingo, a prova foi realizada no circuito de Spielberg, na Áustria. O nome do GP foi dado por conta da uma região onde se localiza o Red Bull Ring. Essa corrida teve menos abandonos que a da semana passada. E, dessa vez, Lewis Hamilton fez uma prova tranquila, praticamente não sofreu a garantiu a primeira vitória dele na temporada, a 85ª na carreira, a segunda da Mercedes no atual campeonato. Valteri Bottas foi o segundo, fazendo a dobradinha da equipe alemã. Max Verstappen, da RBR, completou o pódio.

A largada foi com o pole Lewis Hamilton partindo na frente e Max Verstappen e Carlos Sainz disputando a segunda colocação. Lá atrás, as Ferrari de Vettel e Leclerc se envolveram num toque e o carro de Vettel perdeu a asa traseira, provocando assim um primeiro safety car logo na primeira volta. Quando os pilotos completavam cinco voltas, as duas Ferrari já tinham abandonado a prova. Enquanto Hamilton tentava abrir distância para Verstappen lá na frente, as disputas no pelotão intermediário eram interessantes. As duas Renault e as duas Racing Point garantiam o ânimo da prova. Na volta 25, o holandês da RBR foi o primeiro a parar para a troca de pneus. O finlandês Bottas da Mercedes ficou mais um pouco na pista, para tentar ganhar a posição quando voltasse de sua parada no box. Mas o rendimento de Verstappen foi melhor e a RBR permaneceu na segunda colocação. Hamilton apenas administrava a boa vantagem de cinco segundos na frente.  A disputa no final ficou para a vice-liderança da prova. Bottas chegou em Verstappen. O holandês deu um show na defensiva, tentou segurar, mas não deu. Bottas passou e garantia a dobradinha da Mercedes.

A próxima prova acontece já na próxima semana. O circo da Fórmula 1 vai para Hungria. No circuito de Hungaroring vai rolar a terceira etapa da temporada. Depois de dois finais semanas seguidos na Áustria, com vitórias da Mercedes, o que será que a Hungria nos reserva. O circuito favorece a Ferrari, que não começou bem a temporada. A RBR tá sendo regular. A McLaren tá surpreendendo. O campeonato tem tudo para ser empolgante. Até lá!